Sobre o projeto

SOBRE O FESTIVAL
O “Festival Palhaça na Praça” chega a sua segunda edição com a proposta de estimular o intercâmbio entre artistas e de fortalecer a presença da mulher na arte da palhaçaria. Com atividades que estimulam a troca de saberes, debates sobre a ocupação dos espaços públicos e o registro de ações realizadas por mulheres no universo do circo, o festival traz para Belo Horizonte artistas reconhecidas internacionalmente, apresentações de espetáculos gratuitos e um seminário para discussão sobre a presença da mulher nos espaços urbanos.
Na primeira edição, realizada em março de 2015, o festival reuniu no Parque Municipal Américo Renné Giannetti mais de 3 mil pessoas, incluindo artistas, público, produtores culturais e equipe técnica. Realizado no dia que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o festival discutiu políticas públicas, a participação da mulher no circo e em outros setores da sociedade, além de levar diversão e alegria para a população que conferiu espetáculos inéditos na cidade. O evento foi realizado de forma independente, contando com o apoio de artistas e profissionais da área cultural.

FOTO ALEXANDRE SANTANAFoto Alexandre Santana

SOBRE O FINANCIAMENTO
Para a realização do “II Festival Palhaça na Praça”, as realizadoras contam com a colaboração de quem acredita no projeto! Este ano, o festival retoma a sua proposta inicial e pretende levar para a Praça Floriano Peixoto, localizada no bairro Santa Efigênia, espetáculos de palhaças de todo o Brasil, números, intervenções artísticas e um seminário que discutirá a atuação da mulher artista no espaço público. As atividades serão gratuitas e acontecerão nos dias 12 e 13 de março.

SOBRE AS REALIZADORAS
O festival é realizado pela Cia Gêmea, uma companhia de circo-teatro que nasceu na cidade de Confins. Idealizada pelas irmãs Thais e Lais Oliveira, a companhia desenvolve ações culturais e artísticas que visam a ocupação de espaços públicos e a disseminação da arte circense.

GASTOS DO FESTIVAL
Para a realização da segunda edição do festival, a Cia Gêmea entra no financiamento coletivo pela Variável 5. A meta é atingir R$6.000.00 por meio da colaboração de quem acredita no projeto. Os gastos da realização incluem alimentação de artistas e equipe de produção, transporte da equipe, transporte aéreo e hospedagem para as seminaristas que moram no Rio de Janeiro e São Paulo, elaboração e impressão de peças gráficas para divulgação do festival para o público, locação de equipamento de som para as apresentações dos espetáculos, pagamento de profissionais como designer e fotógrafo.


Notícias

Por enquanto não há notícias relacionadas a esse projeto.


Variantes

    70 8 62
  • Thais Oliveira1
  • Mariana Arruda1
  • 1
  • Carmelia Candida1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Mauro Lopes Martins1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Thais Oliveira1
  • Alex Borges1
  • Thais Oliveira1
  • 1
  • Bruna Piccoli1
  • 1
  • Erise Veloso de Amorim Padilha1
  • Thais Oliveira1
  • 1
  • 1
  • Thais Oliveira1
  • Ludmilla Brito1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Thais Oliveira1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Thais Oliveira1
  • Thais Oliveira1
  • Nayara Torres de Oliveira1
  • Isabela Arvelos1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Thais Oliveira1
  • Thais Oliveira1
  • 1
  • 1
  • 1
  • verônica lopes1
  • 1
  • 1
  • 1

    Comentários