Os 4 anos da Variável 5 e uma carta de despedida

A Variável 5 completou 4 anos em 2016. Um projeto que nasceu plataforma de realização de shows em Belo Horizonte e se tornou um modelo de negócio que uniu três pilares de realização de qualquer projeto cultural: financiamento, comunicação e produção. Foram muitos desafios e muitas conquistas!

De 2012 ao início de 2017, 75 projetos entraram na plataforma. Desses, 59 foram financiados com sucesso, arrecadando um total de R$704.193,00, vindo de 8.426 apoiadores.
O que significou uma média de apoio de R$ 83,57 e uma taxa de sucesso de 79%.

86% desses projetos financiados são de Belo Horizonte e foram realizados na cidade, totalizando um financiamento para a cultura do município de R$ 589.283,00.

O maior valor arrecadado por um projeto na plataforma, até 2016, foi de R$ 37.600.

Dados de 2012 a 2017.

47% dos projetos que passaram por aqui são de música. De álbuns a festivais, presenciamos uma diversidade de sons ganhando forma, vida e chegando ao público. Ouça a playlist abaixo para conhecer um pouquinho dos projetos:

O teatro representou 22% dos projetos de sucesso, com peças que retrataram variados temas e linguagens artísticas.

A taxa de funcionamento da plataforma foi de 11% do valor arrecadado, (sendo que aproximadamente 6% desses pagam as taxas de transação financeira do Moip/Paypal e aproximadamente 5% corresponde à receita líquida que de fato entrava para custear os gastos com infraestrutura, impostos, equipe e etc.).

Através da proposta de agência de comunicação e produtora cultural os três pilares para realização de um projeto cultural foram abraçados e, de lá pra cá, trabalhamos com 14 projetos de música, 17 de artes cênicas, 1 de artes visuais, 2 de gastronomia, 2 de literatura e 2 de educação – variavel5.com.br/v5. A maioria desses projetos pertence ao cenário independente de Belo Horizonte. E entre eles estiveram: Grupo Armatrux, Grupo Galpão, Quatroloscinco Teatro do Comum, Primeira Campainha, Inspire Gestão Cultural, Grupo dos Dois, Cia Quinta Marcha, Zula Cia de Teatro, C.A.S.A. Centro de Arte Suspensa e Armatrux, Benfeitoria, Constantina, Abayomy Afrobeat Orquestra, Sentidor, A Fase Rosa, Jair Naves, Barbara Eugenia, Apanhador Só, Barracão Cultural, Cia da Bobagem, Pequenas Sessões, Djalma Não Entende de Política, entre outros.

Sem dúvida foram muitas histórias contadas, o que nos proporcionou muito orgulho e inspiração  – veja aqui o álbum de imprensa no facebook. Somos grandes admiradores de cada um desses grupos, bandas, artistas, espaços, coletivos e seus trabalhos.  Foram anos de muito aprendizado, de viver, participar e presenciar o crescimento de várias cenas culturais na cidade, além de vários espaços culturais. Aprendemos muito, principalmente sobre as potências e carências do mercado cultural, que vão muito além do financiamento. Por isso só temos a agradecer.

Recentemente, decidimos encerrar as atividades da Variável 5 enquanto plataforma de financiamento coletivo, agência de comunicação e produtora cultural. Entendemos que o tempo é de mudanças em nossa área de atuação, interna e externamente. Esse pensamento foi o que nos guiou na tomada de decisão além de vários desdobramentos, frutos de um longo período de reflexão e estudo de possibilidades para a continuidade do projeto.

Esperamos de coração que esse período e os trabalhos realizados tenham tido importância para públicos, artistas, empresas e parceiros com as quais trabalhamos. Sabemos da importância que teve para nós. Agradecemos imensamente a todas as pessoas, empresas e parceiros que fizeram parte dessa trajetória. Em especial aos apoiadores de projetos via financiamento coletivo. Sem vocês nada disso seria possível.

Muito obrigada!
Variável 5.


Variável 5
Variável 5

Plataforma de realização cultural: financiamento coletivo, produção e comunicação. Some. Multiplique. Varie!


Comentários