Sobre o projeto

A rua dos Guaicurus é o núcleo de uma das maiores e mais importantes zonas de prostituição do Brasil. Conta com um fluxo de, aproximadamente, três mil mulheres que se dividem em turnos nos mais de vinte hotéis distribuídos nas imediações. Uma área no centro de Belo Horizonte. No centro e à margem.

Em agosto do ano passado começamos nossa pesquisa em busca das identidades da rua dos Guaicurus e das mulheres que trabalham em seus hotéis. Nosso estímulo partia da vontade de entender a vida daquela região, que pulsa submersa em preconceito e fantasia. A rua de Hilda Furacão.

Quem são as Hildas de hoje? O motivo que as leva àqueles hotéis é o mesmo que levou a icônica personagem de Roberto Drummond ao quarto 304 do Maravilhoso Hotel?

O que tem de sedutor neste lugar tão marginalizado, que atrai jovens de classe média em busca de festas em espaços “alternativos”? Glamour? Que glamour? Curiosidade?

O feminismo, tão aclamado na academia, chega às mulheres da Guaicurus? Se sim, de que forma e como ele chega?

Muitas perguntas, poucas respostas e a mesma urgência: falar sobre tantas realidades ignoradas. Esse foi o nosso mote para a montagem do espetáculo “Rua das Camélias”. Para isso o grupo sempre acreditou que a apresentação do espetáculo tinha que acontecer naquele espaço. Assim, desde agosto nós ocupamos o Hotel Imperial Palace, na Rua dos Guaicurus, um hotel que estava desativado há mais de oito anos. Retiramos sua fuligem, seus entulhos e buscamos nos apropriar daquele lugar, das histórias que passaram ali e ressignificá-lo com a arte.

O espetáculo está sendo elaborado através de um processo colaborativo, o que significa que toda a equipe contribui para a construção de cada elemento que o compõe. A dramaturgia coletiva é orientada por Daniel Toledo, Gabriela Luque estreia na direção, Sara Maranhão assina a cenografia e iluminação, Flávia Pacheco o figurino e Deh Mussulini assume a direção musical. A preparação corporal é de Ítalo Augusto e Gutto Alves e Bruna Sobreira realiza a produção. O elenco é composto por Ariadina Paulino, Edsel Duarte, Flávia Pacheco, Gabriel Zocrato, Istéfani Pontes, Marina Abelha e Regina Ganz.

Um ano de muita pesquisa, trabalho e parcerias. Um espetáculo potente e transformador que só pode acontecer com a sua participação.

A estreia acontecerá no dia 4 de novembro e precisamos de R$10.000 para a instalação elétrica, limpeza, cenografia, figurino, iluminação e produção.

Para a realização deste espetáculo trabalhamos de forma independente, sem subsídios ou patrocínio, por isso sua ajuda é fundamental.


Notícias

Por enquanto não há notícias relacionadas a esse projeto.


Variantes

    300 41 259
  • 1
  • 1
  • LIDIA MARIA MORAIS1
  • 1
  • 1
  • Guilherme Menezes1
  • 1
  • 1
  • pamella rosa rosa1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Amanda Granato1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Marina Mazzoni1
  • 1
  • 1
  • Julião Villas1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Cora Rufino1
  • 1
  • 1
  • CECI POECK1
  • 1
  • 1
  • Mariana Lage1
  • 1
  • 1
  • Bruna Horta1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • LIDIA MARIA MORAIS1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Leticia Correa1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Raquel Castro de Souza1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Fernando BIONDI1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tina Melo1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Willian Cristiano Pinto1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Amanda Granato1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Ana Alyce Ly

    Comentários