Sobre o projeto

O álbum REVOADA é a travessia de linguagens entre as faces da existência humana e celebra o nosso encontro artístico. Revoada é a revolução dos sentidos, a transformação do estático, a migração do sentir, da saudade à melancolia do amor. Nessa união de sonhos e asas nos percebemos num voo duplo.

Trabalhamos juntos há nove anos em vários coletivos e projetos musicais, parceria que rendeu várias canções. Em 2015 e 2016 realizamos duas turnês por Portugal e Espanha como embrião desse novo disco. No início de 2016 gravamos o álbum REVOADA no Centro Cultural MUSIBÉRIA, em Serpa – Portugal. Além de canções que fizemos juntos, registramos nossas parcerias com Lívia Ribeiro, Juan David, Deh Mussulini, Katerina L’Dokova e Bernardo Maranhão e duas canções de autoria do Thiago Amud, sendo uma delas em parceria com a Brisa Marques.

Entre os músicos e musicistas que participam do disco estão: a pianista e cantora bielorrussa Katerina L’Dokova, o português João Fragoso no baixo acústico, o flautista e cantor argentino Diego Cortez, o acordeonista belga Tuur Florizone, os músicos brasileiros Natália Mitre na bateria, Di Souza na percussão, Saulo Giovanninni na percussão e marimbas e Joana Queiroz clarone e clarinete. A arte do disco será criada pela artista plástica Leonora Weissmann, design de Júlio Abreu. A mixagem ficará a cargo do técnico Bruno Correa que esteve conosco em Portugal trabalhando na captação e gravação.

Necessitamos agora desta campanha de financiamento coletivo para finalizar o disco: MIXAGEM, ARTE, PRENSAGEM E LANÇAMENTO.

Colabore para que essa Revoada de sons voe longe!

IRENE BERTACHINI & LEANDRO CÉSAR

irene_leandro_credito_alexandra-sofia-musiberia-2016

Irene Bertachini é cantora, compositora, intérprete e flautista. Leandro César é compositor, arranjador, violonista e criador de instrumentos. Ambos fazem parte do Coletivo Casazul, e entre várias atividades desta morada artística, produziram juntos o Festival Palavra Som e atualmente produzem o programa de “Rádio Casazul” que vai ao ar todas segundas às 23h na Rádio Inconfidência 100,9FM. Juntos esses dois artistas lançaram o álbum “À beira do dia” com o grupo Urucum na Cara, com o qual circularam pelo Brasil e México em festivais, SESCs e palcos importantes da cena contemporânea. Realizaram juntos também várias circulações com o álbum solo de Irene Bertachini e do Duo, pelos países Espanha, Portugal, Uruguai, e em palcos e festivais no Brasil, como o Savassi Jazz Festival e o Projeto Música Independente.

Irene Bertachini é formada em música pela UFMG e estudou flauta transversal com Marcelo Pereira, canto com Neide Ziviane e canto e consciência corporal com Titane, João das Neves e Irene Ziviane. Com os quais participou durante vários anos do grupo Rosa dos Ventos, participando do DVD “Titane e o Campo das Vertentes”. Irene lançou seu primeiro CD solo, “Irene preta, Irene boa”, em 2013, o mesmo foi considerado pelo Jardim Elétrico e Embrulhador com um dos melhores álbuns do ano. É uma das idealizadoras do Coletivo A.N.A., grupo que integra 7 cantoras e compositoras, com o qual lançou o CD Ana em 2014. Idealizou e compôs o espetáculo musical infantil juntamente com o compositor e ator Cristiano Gouveia “Lili canta o mundo” baseado na obra “Lili inventa o mundo” do poeta Mário Quintana. É integrante do grupo Gustavito e a Bicicleta, com o qual gravou dois discos, e do grupo do artista Di Souza, com o qual participou do seu recente trabalho.

Leandro desenvolve um trabalho de construção de novos instrumentos musicais e esculturas sonoras. Trabalhou com o grupo “UAKTI” por seis anos, com o qual já excursionou pelo Brasil, EUA e Europa. Produziu e tocou nos álbuns do grupo Urucum na Cara, Diapasão, Irene Bertachini e Coletivo ANA. Realizou com o grupo Ilumiara uma turnê por 110 cidades do Brasil em todos os estados pelo projeto do Sesc Sonora Brasil. Já trabalhou junto de artistas como Marco Antônio Guimarães, Tom Zé, Marco Sacarassati, Benjamim Taubkin, Lívio Tragtemberg, Mauro Rodrigues, Décio Ramos, Titane, Ná Ozetti, Dea Trancoso, Rafael Martini, Alexandre Andrés, Felipe José e Gustavito.

orcamento3

 

É tudo ou nada!

Se o projeto atingir a meta de 18.000 ele é realizado, nós pagamos todos os envolvidos, terminamos a mixagem, a master, mandamos prensar o disco e os colaboradores ganham suas recompensas. Caso contrário a Variável 5 se encarrega de devolver o dinheiro para as mãos de todos os colaboradores. Como nós somos sonhadores e queremos realizar um grande lançamento do disco, com convidados especiais em um teatro grande com tudo que temos direito, se atingirmos nossa meta antes do prazo final da campanha, continuaremos para arrecadar verba para pagar esses gastos.

Ou todo mundo ganha, ou ninguém perde!

 

Irene e Leandro – Tão perto, tão distante

 

Irene e Leandro – Desenredo

 

Curiá – Urucum na Cara

 

Dia Bom- Irene Bertachini

 

Canção da manhã – Leandro César – Marimbaia

RECOMPENSAS

 


Notícias

Por enquanto não há notícias relacionadas a esse projeto.


Variantes

    250 28 222
  • Octávio Cardozzo1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • João Paulo Prazeres1
  • Ana Beatriz Nogueira Pereira1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Bruno Reis1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Luiza Gomes1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Kel Baster1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Bernardo Gondim1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Jane Medeiros1
  • Jane Medeiros1
  • Jane Medeiros1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1

    Comentários